Acaso, sorte ou destino?

Os acontecimentos podem mover-se tão imprevistamente, com efeito, quanto os planos dos homens; é por isso que em geral pomos na sorte a culpa de todos os acontecimentos contrários ao nosso raciocínio.

Tucídides, na História da Guerra do Peloponeso.
via djabal’s posterous / imagem via flickr:safetylast

Sobre Wesley Cota

Bacharel em Física pela Universidade Federal de Viçosa e estudante de Doutorado em Física pela mesma instituição. Tem uma profunda paixão por qualquer tecnologia, ama física e gosta de ler sobre diversos assuntos. Atualmente faz estudo computacional e analítico de modelos epidemiológicos e estruturação de Redes Complexas.
Esta entrada foi publicada em Outros e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*